Analisando Light Novels #1 Isekai Monster Breeder (Analise)

E aqui está a segunda nova coluna, esta dedicada as Light Novel que comecei recentemente a ler.
E esta foi a primeira em que cheguei aos capítulos/volumes mais atuais, portanto será a minha primeira analise.

Dados:

Género: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Harem, Romance
Autor: Yusura Kankitsu
Artista: Kabocha
Tipo: Light Novel e Web Novel
     Web Novel
Data de publicação: 19 de Setembro 2015
Capítulos atuais: 129
Capítulos analisados: 58
     Light Novel
Data de publicação: 15 de Abril 2016
Volumes atuais: 3

NOTA: O que estou a analisar é a versão web-novel.
Analise:
Até praticamente ao capitulo mais
atual traduzido a LN têm sido moderadamente satisfatória, não têm praticamente nada
fora do padrão, mas têm comprido de uma boa forma para aquilo a que se propôs.
A premissa da LN como já vi muita gente dizer, e que
tenho de concordar, é meio que uma mistura de Konosuba e Pokemon. A historia
começa quando o protagonista, Souta, é convocado para outro mundo, pela Deusa
Afrodite, para derrotar o rei demónio. Ele recebe a classe “monster tamer”, uma
classe que lhe permite domar monstros, mas que é considerada por muitos a mais
fraca devido as varias limitações que têm, como o numero de monstros que se
pode capturar e a dificuldade para os capturar. Devido há atitude arrogante da
Deusa que o estava a tentar mandar para outro mundo ele usa a capsulo para a
captura, e por incrível que pareça teve sucesso, isso porque junto com a sua
classe ele recebeu um Skill chamada “dominação absoluta” que lhe permite ter
uma taxa de sucesso de captura de 100% não importa o que seja (tornando-se
assim provavelmente a classe mais abusada de sempre). Agora com esta habilidade
Souta pretende voltar o mais rápido possível para o seu mundo, mas só depois de
conseguir ter um grande harém para levar de volta.
Em termos de plot até agora nos meros 58 capítulos que li (umas poucas horas
chegam para os ler a todos, já que os capítulos não passam da meia dúzia de
paginas) foram sobretudo introdutórios, serviu para o protagonista conhecer a
sua classe e skill’s, como o mundo funcionava, fazer algumas quests dadas
pela Guild e enfrentar alguns monstros no processo. Também serviu para conhecer
os seus novos companheiros (dos quais vou falar um pouco mais há frente). Até agora a
historia está a seguir um rumo bem padrão
, um pouco mais voltada para a comedia
e ecchi
(se bem que este nem tanto), isso não é realmente bom (sem bem que
também não é ruim), acho que a historia podia ficar bem melhor se fosse mais
voltada para o lado serio
, com lutas e estratégia (não tinha de deixar de lado
os restante géneros, era só dar mais foco aos que referi), já que a habilidade
dele de captura é bastante interessante
, dá para equipar monstros, fusiona-los,
que os pode fazer tipo evoluir, é deveras interessante e têm bastante potencial
para ser explorado, que ficaria bem melhor se seguisse um rumo um pouco mais
serio.
Em termos de personagens, temos a
Deusa Afrodite (vou começar por ela que é a mais fácil de explicar) que é
basicamente um Aqua.2 (Konosuba), se bem que acho a personalidade da Afrodite
um pouco mais agradável (provavelmente devido a Konosuba ser mais virado para
uma parodia e Isekai Monster Breeder mais para uma comedia normal com algum
romance), mas são as duas igualmente inúteis, arrogantes, e quando se metem em
sarilhos o primeiro que fazem é ir choramingar para os protagonistas
Falando
no protagonista, ele seria a típica pessoa normal que foi convocado para outro
mundo (que não vai agradar a todos) ele não é tão “pacifico” como a maioria dos
protagonista, mas também não chega a ser um Kazuma (Konosuba) da vida (se bem que isso, por uma parte até que
fazes sentido, já que pelo que dá a entender o Souta continua o mesmo de como
era no mundo dele, já o Kazuma passou de um hikikomori para um vida louca, isso,
digamos que não fazer lá muito sentido (eu gosto do Kazuma conforme ele é
agora, mas que não faz muito sentido não faz)).Mas uma das coisas que
gostei no Souta, foi de quando ele poupou a vida a um vendedor de escravos que o
estava a tentar matar, mas em vez de o mater ele capturo-o e fundiu com um lobo,
tornando-o assim um lobisomem que o serve lealmente, isso tudo numa boa xD (eu gosto
desse tipo de pensamento).
As duas restantes raparigas do
harém ainda não foram muito exploradas
, mas se pudesse voltar a comprar a
Konosuba diria que também têm as suas parecenças, já em que em Konosuba temos 2
personagens com obsessão por explosões e masoquismo, nesta LN seria obsessão por
minerais e pelo protagonista, ou seja, pela mesma linha de raciocínio, por assim
dizer, personalidades extravagantes para serem utilizadas nas cenas de comédia. Para além disso os personagens têm algumas inconsistências, mas não acho
que seja casos muito graves (podia ser pior).
Em termos de qualidade de
escrita
, não sei se era por ser uma web-novel (ou seja, podia ter um estilo de
escrita não tão cuidado) ou simplesmente se era por estar mal traduzido (o mais
provável é serem os dois), mas por vezes a historia não parecia muito fluída
por assim dizer, eu definitivamente não sou a melhor pessoa para falar de
qualidade de escrita (a minhas notas de português falavam por si) então nem me
vou me alargar muito neste ponto.

No final das contas esta Light Novel é uma espécie de Konosuba (não acredito que o autor não se tenha inspirado em Konosuba), só que não tão bom. Mas mesmo assim, no geral, até agora a historia para mim esteve no parâmetro do decente, com potencial para bom, mas é o tipo de historia padrão que o que não falta é por ai, e dificilmente irá mudar, no mais a habilidade do protagonista é o mais interessante e fora do padrão que podem ter.

Nota Pessoal:7
Nota mais imparcial:6,5
E então pessoal, o que acharam da analise?