TOC #01 da Weekly Shonen Magazine (2016)

TOC #01 DA WEEKLY SHONEN MAGAZINE

Capa Digital: Baby Steps
Olá, pessoal do Fênix no Sekai. Aqui é Diego Felipe e estou fazendo a análise da primeira TOC da Weekly Shonen Magazine no ano editorial de 2016.
Nessa edição tivemos a estreia do mangá Infection, de autoria de Toru Oikawa, autor famoso por seu estilo maduro de contar histórias e sua bela arte. A raw do primeiro capítulo pode ser conferida nesse link.

A capa física da edição (que ainda não encontrei) foi estampada com a cantora e idol japonesa Mayu Watanabe. As páginas coloridas foram para Fuuka e Baby Steps (que ganhou a capa digital). Nessa edição Kindaichi Shounen no Jikenbo R e Tsurezure Children estiveram ausentes.

Bem, sem mais delongas vamos à TOC.
TOC #01 DA WEEKLY SHONEN MAGAZINE (2016)
Mayu Watanabe (Capa)
Infection (Página Colorida Principal, Novo Mangá, 65 pg.)
01. Fairy Tail
02. Domestic na Kanojo
03. Masukomi (Fim)
04. Days
Fuuka (Página Colorida, 22 pg.)
05. UQ Holder!
06. Daiya no Ace Act II
07. Nanatsu no Taizai
08. Yamada-kun to 7-nin no Majo
Baby Steps (Página Colorida, 23 pg.)
09. Acma:Game
10. Seitokai Yakuindomo
11. Enen no Shouboutai
12. Ahiru no Sora
13. Hajime no Ippo
14. Kamisama no Iutoori II
15. AKB49~Renai Kinshi Jourei
16. Desert Eagle
17. Real Account
18. Area no Kishi
Rupodama! (Não ranqueado)
Ausente: Kindaichi Shounen no Jikenbo R e Tsurezure Children
TOC #02-03 DA WEEKLY SHONEN MAGAZINE (2016)
Capa: Suzu Hirose
Página Colorida Principal: Nanatsu no Taizai (25 pg.)
Página Colorida: Enen no Shouboutai (23 pg.), Tsurezure Children (Capítulo Duplo)
Paginas Extras: Infection (40 pg.)
One-shot Romcom de Natal: Miracle ? Gift by Robiko, Nan demo Shite Ageru por HIROYUKI, Vampire Killer por Negi Haruba

Índice da TOC

Nessa edição tivemos a estreia do mangá Infection, de autoria de Toru Oikawa, autor famoso por seu estilo maduro de contar histórias e sua bela arte. A raw do primeiro capítulo pode ser conferida nesse link.

A capa física da edição (que ainda não encontrei) foi estampada com a cantora e idol japonesa Mayu Watanabe. As páginas coloridas foram para Fuuka e Baby Steps (que ganhou a capa digital). Nessa edição Kindaichi Shounen no Jikenbo R e Tsurezure Children estiveram ausentes.

Página Colorida: Infection

TOP 

01. Fairy Tail: #CaçaNíqueis. Já começa o ano com o pé direito com essa primeira colocação. Seu spin-off Fairy Tail Zero vai ganhar anime pra janeiro e os nomes de dubladores já foram informados: Kana Hanazawa (como Zera), Mamiko Noto (como Mavis), Katsuyuki Konishi (como Yuri), Hiroshi Shirokuma (como Warrod), Yoshihisa Kawahara (como Precht) e Akira Ishida (como Zeref);
02. Domestic na Kanojo: A obra de Kei Sasuga (a mesma de GE – Good Ending) segue confortável na Shonen Magazine. Domestic, ou DomeKano como os fãs se referem, se destaca pela sua bela arte, pelas boas cenas ecchi e por sua história madura. 
03. Masukomi: O gag mangá chega ao fim. Seu rendimento até era bom (ficou três vezes em primeiro lugar nas TOCs de 2015). Possivelmente foi encerrado por decisão do autor ou mesmo por falta de obras para serem encerradas para a estreia de novatos, mas ainda não dá para se afirmar com certeza.
04. Days: Mesmo não sendo raro Days passar pelas últimas posições, trata-se do mangá que mais faturou primeiras posições em 2015 (cinco no total), mais do que obras como Fairy Tail (três vezes), Nanatsu no Taizai (nenhuma vez) e Daiya no Ace (apenas uma vez).
05. UQ Holder!: O mangá, que se passa 70 anos na linha temporal de Negima! (mangá anterior de Ken Amatsu). Seus rankings em 2015 foram muito bons. O desempenho de UQ  é digno de receber anime (embora não se saiba se virá mesmo a ganhar no futuro).

Página Colorida: Infection

06. Daiya no Ace Act II: A segunda temporada do anime segue mantendo o hype da primeira parte do mangá de beisebol, que continua fazendo barulho na Shonen Magazine. E 2016 deve permanecer como um ano muito tranquilo para Daiya.
07. Nanatsu no Taizai: É a obra que mais vende na revista e um dos mangás mais chamativos da revista atualmente. Ganhará uma segunda temporada do anime em 2016. Uma curiosidade: no ano de 2015 não pegou a primeira posição nenhuma vez.
08. Yamada-kun to 7-nin no Majo: Apesar de algumas aparições no bottom e de seu anime não ter sido bem-sucedido, 2015 foi um bom ano para esse mangá. Ficou em primeiro lugar em quatro TOCs, só uma vez a menos que Days, o que mais pegou primeiros lugares. Continua estável.
09. Acma:Game: Mangá que tem uma variação grande de posições a cada TOC, mas que em termos gerais está sem nenhum risco de ser cancelado. Ou seja, mais um mangá que fica como uma montanha-russa nas TOCs mesmo tendo um bom lugar ao sol no plantel.
10. Seitokai Yakuindomo: Seitokai segue agradando os leitores e tendo o respeito dos editores. Em 2016 dois OVAs serão lançados. Seitokai já ganhou duas temporadas em anime (em 2010 e 2014) e vários OVAs, sinal de que para a revista vale a pena manter a obra em destaque.
Página Colorida: Fuuka (enquete de popularidade)

MEIO DA TABELA

11. Enen no Shouboutai: Enen pegou uma posição mediana dessa vez. Mas está fazendo sucesso na revista, pois vai ganhar página colorida e páginas extras na próxima TOC. Tem muito potencial para vendas de volumes, principalmente após um possível anime se fizer mesmo sucesso.
12. Ahiru no Sora: Na próxima edição completará 500 publicados publicados. O mangá de basquete é publicado desde 2004 e desde então tem feito sucesso, mesmo sem ainda (?) não ter ganho adaptação em anime. 
13. Hajime no Ippo: O mangá mais antigo da revista, com 26 anos de publicação (indo pros 27). Uma das obras mais clássicas e importantes da história da Shonen Magazine, mesmo com longo período de publicação ainda chama a atenção dos leitores da revista. Segue firme e forte.

Página Colorida: Baby Steps

BOTTOM

14. Kamisama no Iutoori Ni: Pegar posições no bottom é algo comum pra esse mangá. Mas pegar posições na parte de cima da tabela também. Suas posições oscilam bastante como acontece com muitos mangás no plantel. Mas continua em situação tranquila.
15. AKB49~Renai Kinshi Jourei: Terá apenas aproximadamente mais seis capítulos, pois será encerrado na TOC #08. O mangá conseguiu se manter estável na revista por cinco anos e mesmo não tendo recebido adaptações se encerra com um bom retrospecto.
16. Desert Eagle: Uma posição ruim do novato. As posições de Desert Eagle estão uma montanha-russa, mas por ora ainda não demonstra estar realmente ameaçado no plantel. Mas mesmo assim só o tempo dirá se a obra se estabilizará.
17. Real Account: Posição baixa mas nada que aponte riscos ao mangá, cujas posições são uma gangorra a cada edição. Dessa vez ficou embaixo mas provavelmente vai ficar na parte de cima nas próximas edições.
18. Area no Kishi: O mangá de futebol é publicado há quase dez anos na revista e 48 volumes publicados. Chegou a ganhar um anime em 2012 pela Shin-Ei Animation, mas não chegou a fazer grande sucesso. Mesmo assim segue firme no plantel.

Comentários dos autores
Bem, pessoal, essa foi mais uma análise de TOC da Weekly Shonen Magazine, pessoal. A primeira do ano editorial de 2016. Até a próxima, pessoal. 🙂