TOC #17 da Weekly Shonen Magazine (2016)

Capa Física: Haruka Ayase 
Olá para vocês, leitores do Fênix no Sekai. Aqui é o Diego Felipe e esta é mais uma análise de TOC da Weekly Shonen Magazine.

Bem, a TOC pode ser vista logo abaixo.
TOC #17 DA WEEKLY SHONEN MAGAZINE (2016):
Haruka Ayase (Capa)
Daiya no Ace (Página Colorida Principal)
01. Yamada-kun to 7-nin no Majo
02. Kindaichi Shounen no Jikenbo R
03. Tenohira no Netsu o
04. Fairy Tail
05. Area no Kishi
Karasuma Kumikyoku (Página Colorida, One Shot, 34 pg.)
06. Hajime no Ippo
07. Ahiru no Sora
08. Muteki no Hito
09. Desert Eagle
10. Fuuka
Kamisama no Iuutori Ni (Página Colorida, 25 pg.)
11. Days
12. Domestic na Kanojo
13. Seitokai Yakuindomo
14. Enen no Shouboutai
15. Real Account
16. Acma:Game
17. UQ Holder!
18. Nanatsu no Taizai
19. Infection
Rupodama! (Nunca é Ranqueado)
AUSENTES: Baby Steps e Tsurezure Children
PRÉVIA DA TOC #18 DA WEEKLY SHONEN MAGAZINE (2016):
CAPA: NGT48
PÁGINA COLORIDA PRINCIPAL: Yamada-kun to 7-nin no Majo 
PÁGINAS COLORIDAS: Baby Steps, Nanatsu no Taizai, Rankers High (One-shot por Ryou Nakajima, 62 pg.)
A capa física dessa edição foi estampada pela jovem mas experiente atriz e cantora Haruka Ayase, de 29 anos. Ela já foi protagonista da live-action de Hotaru no Hikari (josei publicado pela Kiss, revista da editora Kodansha) e protagonizou o filme Umimachi Diary, que também conta como Suzu Hirose, que foi capa física da Weekly Shonen Magazine na edição anterior.
A página colorida principal e a capa digital foram para Daiya no Ace. Vale lembrar que o mangá de beisebol é um dos pilares da revista. As outras páginas coloridas foram para Kamisama to Iutoori Ni, que possui boas vendas (ultrapassa as 100 mil cópias vendidas por volume), e para o one-shot Karasuma Kumikyoku (que recebeu 34 páginas).
Também tivemos as ausência de Baby Steps e Tsurezure Children. O primeiro volta na próxima edição com direito a página colorida. O segundo também deve voltar na próxima TOC. Bem, agora vamos às posições válidas.
Página Colorida: Daiya no Ace

TOP 10:

01. Yamada-kun to 7-nin no Majo: E, pela segunda vez no ano, o primeiro lugar vai para Yamada-kun to 7-nin no Majo. E como se não bastasse ser ranqueado no topo na próxima edição irá ganhar a página colorida principal e, provavelmente, a capa digital.
02. Kindaichi Shounen no Jikenbo R: É a quarta edição seguida que Kindaichi Shounen no Jikenbo R, continuação bem-sucedida do clássico Kindaichi Shounen no Jikenbo, fica ranqueado longe do bottom. Nessas quatro edições ficou três vezes no Top 10 (duas em posições bem altas) e uma vez no meio da tabela. A obra, que vende mais de 120 mil cópias por volume, continua tranquila na revista.
03. Tenohira no Netsu o: E parece que a recepção inicial do mangá novato de caratê segue positiva. Claro que vai ser preciso manter essa boa recepção mais pra frente pra a obra ser considerada um sucesso mas pelo menos os bons ranquementos ainda em seu início passam uma boa impressão.
04. Fairy Tail: No lançamento do 54º volume de Fairy Tail foi anunciado o fim da atual temporada de Fairy Tail, que terminará com 102 episódios. A temporada anterior se encerrou com 175 episódios. O último episódio será exibido em 26 de março e não há previsões sobre um possível retorno (pelo menos por ora).
05. Area no Kishi: Posição muito boa para Area no Kishi que, mesmo sem estar mais em seu auge, consegue vender bem. É um dos grandes veteranos da revista, sendo que completará 10 anos de publicação em agosto.
Página Colorida: Karasuma Kumikyoku (One-shot)

06. Hajime no Ippo: Hajime pegou nessa edição uma posição acima de seu “habitat natural”, ou seja, o meio da tabela. Com 26 anos de publicação a obra ainda se mostra rentável (pelo menos a certo nível) e com uma boa qualidade.
07. Ahiru no Sora: É curioso como Ahiru, mesmo vendendo muito bem, ainda não ganhou um anime. Há teorias de que o autor não se satisfez com as propostas de anime que lhe foram oferecidas ou mesmo que não quer ver a obra ser adaptada em animação para as telinhas japonesas. Boatos ou não, o importante é que a idade não pesou para Ahiru, que ainda rende bastante mesmo sem ter seu potencial comercial explorado.
08. Muteki no Hito: O mangá novato de mahjong, do mesmo autor de Liar Game, parece que vai se estabilizando no plantel, agradando os leitores e editores, o que é muito bom, ainda mais considerando que a temática (mahjong) é bem complexa.
09. Desert Eagle: Desert Eagle subiu apenas uma posição em relação à TOC passada. O novato já consegue se encontrar em uma situação boa o suficiente para se garantir na revista. A obra não vende muito mas vende o bastante para se manter.
10. Fuuka: 7º lugar na TOC #15, 11º lugar na TOC #16, 10º lugar nessa edição… Curioso que depois de ter ganho a capa digital e a página colorida principal na edição #14 Fuuka foi ranqueado em posições medianas. A obra segue estável.
Página Colorida: Karasuma Kumikyoku (One-shot)

MEIO DA TABELA:

11. Days: O mangá de futebol continua em situação confortável e os editores esperam que a rentabilidade da obra aumente após o começo da exibição do anime, que embora sem data de estreia confirmada, possivelmente passará a ser exibido em julho (senão em outubro).
12. Domestic na Kanojo: DomeKano (como o mangá é apelidado pelos fãs) pegou uma posição razoável para sua média de classificações. Em suma, nada de muito diferente do habitual para essa obra madura e com uma das artes mais bonitas da revista.
13. Seitokai Yakuindomo: Uma posição abaixo da média mas ainda assim razoável para esse mangá de comédia veterano, que mesmo já sendo publicado há um bom tempo ainda mostra fôlego para agradar os leitores (isso pode ser observado porque é mais comum ver o mangá no Top 10 do que no meio da tabela ou no bottom).
14. Enen no Shouboutai: Passando das 100 mil cópias vendidas logo em seu primeiro volume pode-se dizer que Enen no Shouboutai (do mesmo autor de Soul Eater) foi uma aposta bem-sucedida da Weekly Shonen Magazine, uma vez que Enen pode vir a fazer muito mais sucesso após um anime futuramente, fora o potencial comercial da obra. 

Página Colorida: Kamisama no Iutoori Ni

BOTTOM:

15. Real Account: Real Account depois de uma passagem no Top 10 voltam ao bottom… Mas dessa vez Acma:Game não ficou no topo. Ao contrário, foi acompanhar Real Account no ranqueamento entre os cinco últimos.
16. Acma:Game: Se na TOC anterior Real Account e Acma:Game ficaram ambos entre as primeiras posições agora ambos estão no bottom. O importante é relevar que ambos estão seguros e vendem bem para os padrões da revista.
17. UQ Holder!: Nessa edição UQ Holder! pegou uma posição muito baixa, mas nada que preocupe. De vez em quando UQ pega posições muito baixas mas geralmente fica ranqueado no Top 10 ou pelo menos no meio da tabela. Não será surpresa se pegar uma posição boa na próxima edição.
18. Nanatsu no Taizai: Posição atipicamente baixa para Nanatsu, um dos principais mangás da Shonen Magazine. Porém esse ranqueamento ruim não afeta a estabilidade da obra, que continua muito popular. Aliás Nanatsu vai ganhar página colorida na próxima edição.
19. Infection: Essa posição de Infection não foi boa. Porém ainda não é possível afirmar que a obra está em risco. Vai depender de como serão os próximos ranqueamentos desse novato. Outro sinal de que é relativamente cedo para chegar a uma conclusão é que a obra ficou abaixo de Nanatsu.
Bem, pessoal, essa foi mais uma análise de TOC da Weekly Shonen Magazine. Até a próxima!