Opinião Semanal de Mangas #4

Opinião Semanal de Mangas #4

A Opinião Semanal de Mangas desta semana foi mais curta do que eu estava há espera. Passou-se de 18 mangas para apenas 8. Era previsível que não iriam ser tantos, devido a que na semana passada estava inflacionada com alguns mangas mensais, mas para além da ausência desses também ouve a ausências de alguns semanais, devido a atrasos na tradução, relembrando que só trago os mangas que saíram no espaço temporal em causa, neste caso de 9 a 15 de Março.

Mas vejamos pelo lado positivo da coisa, ao menos desta vez o post saiu na data prevista xD Se fosse um maior numero de mangas provavelmente teria saído mais tarde, já que esta semana voltei a ter que trabalhar e tratar de alguns assuntos.

Para aqueles que não sabem, a “Opinião Semanal de Mangas” têm como principio objetivo comentar todos os capítulos de mangas que foram saindo ao longo da semana. Classificando-os também numa ordem de melhor/pior. Todos os comentários presentes têm como base a minha opinião pessoal. Sejam conscientes disso e no final se concordarem ou discordarem, comentem a vossa opinião em relação aos capítulos que leram, com a sua devida moderação.

Alguns pontos a ter em consideração:
– Muitos dos títulos presentes eu leio em espanhol, então tenham o devido cuidado para não levarem spoilers desnecessários;
– Mesmo que tenha dito acima que todos os capítulos seriam comentados, podem haver excepções pontuais a essa regra;
– O top completo vai estar no final do post;
– O post saem todos os Sábados.

8º – Boku no Hero Academia capítulo 219

Sinceramente este capítulo, não me chamou nada a atenção. Sobretudo porque mais parte do capítulo, foi a luta do Bakugou e do Todoroki contra aqueles vilões random, que realmente são random’s que provavelmente não iremos ouvir falar mais no futuro. Bom, deu para confirmar que mesmo o Bakugou passando a vida a dizer insultos, faz mesmo um excelente trabalho como herói.

Para além disso, esses vilões random demonstraram uma parte do que esta nova organização anda a tramar. Em que ao usarem estes vilões random, que compram os seus trajes no mercado negro, recolhem dados destes, que vão ajudar para construir trajes ainda melhores, que os façam crescer legalmente na venda dos trajes para os heróis (esta ultima parte não for explicita, mas eu concluo que os dados devam ser usados para isso).

Para além disso tivemos a cena do comerciante Gilan, que mesmo estando naquela situação desesperante não pretende vender informação dos seus clientes #Respect. Mesmo assim a informação muito possivelmente vai ser filtrada por ele, ao usarem um quirk de algum desses vilões.

E por fim temos aquela cena do Gigantomachia a limpar o chão com os restantes membros da liga dos vilões. Mas bom, mesmo que surjam varias possibilidades para a situação atual, a primeira que me veio há cabeça e que ainda acredito ser a verdade é que o Gigantomachia está a treinar a liga dos vilões. Digo isto sobretudo porque já vão precisando de um power up, para manter o estatuto de vilões principais.

7º – Jigokuraku capítulo 50

Foi um desfecho de luta, não esperado, com a luta ser detida pela Mei, que usou de novo os seus poderes. Que para além de ter parado a luta, tendo atirado o Chobe pelo desfiladeiro abaixo, também o separou do seu irmão mais novo. Esta foi a parte do desfecho pela qual eu não esperava mesmo, será interessante ver como ele se vai dar com o grupo dos protagonistas, tomara que com esta oportunidade ele cresça como pessoa deixando de ser tão dependente do seu irmão.

Para além o mistério sobre os poderes da Mei continuam, podendo-se confirmar que ao usar mesmo os seus poderes, ela vai ficando mais velha, ou mais precisamente, mais desenvolvida. A “árvore” parece que sabe um pouco dos poderes dela, talvez seja explicado o do porque de isso acontecer nos próximos capítulos, ou talvez só seja revelado quando se encontrar outro daqueles imortais.

Além disso finalmente aconteceu o que eu já estava há espera durante um tempo, que é a reunião entre os 2 grupos de personagens principais. Neste reencontro quero ver o quão rápido a Sagiri demora a descobrir que se passa algo com o Gabimaru. Coisas como “para onde vão agora” “o que eles vão fazer” também são importantes, mas as prioridades do ship primeiro.

E no final o autor tinha de nós lembrar que tipo de manga é este, não é? Com aquele “Já se reuniram todos!! Quantos irão sobreviver!?”

6º – Amano Megumi wa Suki Darake! capítulos 127-135

Mais outro grande combo deste manga. Os capítulos 127 e 128 foram 2 capítulos episódicos, que foram engraçaditos, mas ainda assim foram meio meh.

Já do 129 ou 135 foi um arco já mais comprido, em que consistia na visita de estudo que a escola da Amano teve. Os capítulos giraram há volta de algumas amigas da Amano, que se decidiram armar em casamenteiras, e tentar que a relação entre a Amano e o Manabu se torna-se seria.

Felizmente isso de facto aconteceu, com ambos a terem uma grande consciencialização do que cada um deles sente. No entanto o facto do Manabu propor que a sua relação atual se mantenha, e a Amano aceitar, se calhar pode não ter sido tão bem aceite por algumas pessoas. No meu caso eu não me importei, até acho que tendo em conta a situação dos dois esta pode ter sido a melhor opção.

Agora isto foi o que eu achei em relação ao final, agora em relação a todo o desenvolvimento do arco já não é o mesmo. Isso pelo fator dos personagens em foco terem sido as casamenteiras, que são do tipo de pessoas que eu menos suporto, então aquela morena de óculos…Ela é o ápice desse cancro, para mim foi muito difícil encarar a personagem sem me irritar. Para além disso, elas pouco fizeram, já que maior parte dos seus planos para os fazerem ficarem juntos falhavam miseravelmente.. Mas nem tudo foi mau, teve algumas boas cenas cómicas, outra mais românticas, e até aquele desfecho final do novo casal de secundários.

Provavelmente o protagonista de sonhos de muita gente xD

5º – Hinomaru Zumou capítulos 227-228

A scan brasileira soltou 2 capítulos esta semana, diminuindo assim a brecha para o capítulo publicado mais recentemente em inglês e japonês (232), não esperava que fosse assim tanta a diferença.

Mas enfim, sobre os capítulos, ambos não foram maus, mas não foram o que eu esperava.

O 227 com a conclusão da luta, com a vitoria do Akihira. Talvez para dar mais significância a toda a sua historia. Mas mesmo assim a médio longo prazo não acho que esta tenha sido a decisão mais interessante.

Isso, não porque eu errei a minha previsão, mas sim porque não só o Tennouji se pode ter lesionado, o que pode por em causa a luta dele contra o Yokozuna, que era uma das lutas que eu mais estava há espera. Como também ser levantado o assunto, de que dois lutadores do mesmo estábulo podem lutar oficialmente se for para se decidir o vencedor final do tornei, não me faz acreditar que isso realmente vá acontecer. E mesmo que aconteça, como luta final, para mim essa luta não me causaria grande emoção ou expectativa. Mas pode sempre ser um sinal de uma possível revanche do Hinomaru contra o Yokozuna.

Sobre o 228, eu reconheço a importância de todo aquele dialogo, que serve como reintrodução e de retrospectiva geral do personagem Seonoyama, mas ainda assim não resultou a 100% comigo, é o que melhor posso dizer. Sobre a luta em si, já neste caso não tenho problemas com a duração da mesma. Isso, porque para este tipo de desfecho era necessário o Yokozuna ser apanhado no momento de pior concentração, em que o Seonoyama estava no seu pico. Agora será epicamente brochante se não for o Seonoyama que tenha ganho.

Depois de todo o discurso do capitulo, mais essa frase, se o Seonoyama não vencer Hinomaru Zumou vai perder muita credibilidade para mim.

4º – Jujutsu Kaisen capítulo 50

De certa forma a parte da luta continua a ser bom, ainda mais agora que foi revelada a habilidade do Todou, que mesmo sendo simples, quando estas a lutar junto de um companheiro, pode mesmo ser de grande utilidade. No entanto continua a ter aquele problema da grande sincronia entre os dois. Mas para além disso também surgiram outros pequenos problemas ou pontos que não são assim tão bons.

Como continuar a tratar o Todou como personagem piada, em que concluiu naquela pagina dupla. Teve graça? Até teve, mas se tivesse sido tratado de uma forma mais seria, volto ao mesmo ponto que disse na semana passada, acho que teria sido bem melhor.

Desta pagina que eu estou a falar.

Outra, como o protagonista conseguiu usar 4 vezes a técnica dele. Dou mérito ao autor por ter-se dado ao trabalho de explicar do porque de ele estar a conseguir aquilo. Tentando desta forma fazer parecer que o que ele está a fazer não é algo assim tão incrível. No entanto, resume-se tudo a um bom estado de animo e sorte. E ambos terem sido conseguidos nesta situação, logo nas primeiras vezes que ele usa a técnica, não me deixa de parecer que é um pouco puxado para o protagonismo, forçando um pouco a barra. De qualquer forma, a continuação no próximo capítulo, pode mudar esse meu pensamento, mas logo se verá.

3º – Nanatsu no Taizai capítulo 303

A primeira parte do capítulo teve muito sentimentalismo. Até demais, quando se começa a soltar frases como “o vossos sentimentos e emoções dão-me força… já não tens oportunidade de ganhar…”, se interligando assim ao “poder da amizade” e adjacentes, o que não é nada agradável, diga-se desde já. No entanto ainda tenho fé no autor, que nós vai conseguir entregar um explicação plausível, do porque daquela força do Meliodas.

Na segunda parte mais algum sentimentalismo, junto com algumas cenas de batalha, mas que o principal sem duvidas foi a aparição do Zeldris para ajudar os 7 pecados. O que é algo bastante plausível, tendo em conta que o que o Zeldris realmente quer é estar junto da sua amada. Sendo assim o mais lógico seria ser contra quem está contra, neste caso o pai dele, e se juntar a quem está disposto a ajuda-lo, neste caso o Meliodas. Mas veremos como se desenrola a cena no próximo capitulo.

2º – Haikyuu!! capítulo 342

Capítulo muito bom, e agora a intensidade de jogo é que está ao top, com o Tsukishima em jogo.

Já se sabia que ele teria uma grande importância neste jogo, como o pilar que iria deter o “pequeno gigante” da equipa adversaria. Tento conseguido detê-lo mal entrou no jogo, e logo com um bloco perfeito. Para além disso isto pode ser um assunto mais pessoal e importante do que era esperado, com assunto a detê-lo.

Mas até agora está se a notar uma superioridade da Karasuno, espero mesmo que não seja mesmo só aquilo que eles têm. Mas bom, ainda deve ter todo um conjunto de flashbacks relacionados há equipa adversaria. Quando isso começar eles devem-se recuperar e se nivelar há Karasuno de novo, ao menos quero que seja uma partida mais disputada.

Pequeno gigante vai treinar/aconselhar o Hinata em relação ao saque, 110% confirmadissimo!!

1º – Yakusoku no neverland capítulo 126

Impressão minha ou eles cresceram!?

Outra reunião que aconteceu entre personagens foi em Neverland. Só que num sentido diferente do de Jigokurako. Em que finalmente Emma, Ray e Norman discutem sobre o plano de derrotar os demónios entre os 3.

Maior parte do capítulo, foi pouco informativo para nós leitores, que já conhecemos as bases dos planos. Mas serviu sempre para conhecermos os detalhes do mesmo, ver como realmente pensa o Norman da situação atual, que é um pouco diferente do que esperava, e ver o que a Emma e o Ray pensam em relação ao plano. Esses detalhes são sempre nutricionalmente importantes para a historia.

Mas sem duvida o que mais importante e relevante foi o final, em que a Emma e o Ray revelam que sabem da existência de demónios que são diferentes de todos os restantes, em que não necessitam de comer humanos para manterem a sua forma humanoide. E a reação do Normam foi muito diferente do que eu esperava, ou melhor, mais precisamente, o motivo da sua reação.

Dentro da comunidade de leitores, muito se pensava do motivo do porque do Normam não ter falado da existência desse tipo de demónios. Uns cojuravam a possibilidade de ele não saber das suas existências, outros achavam que ele sabia, mas por motivos obscuros ele não revelava essa informação, mas no final das contas parece ser uma 3ª opção. Ele de facto parece saber, até bastante bem, da existência desse tipo de demónios, no entanto pelo que deu a entender, ele acreditava que todos eles estavam extintos!

O autor ter seguido esse caminho foi uma boa jogada. Eu acreditava que o Normam realmente estava a tramar algo mais obscuro, mas depois deste capítulo já não tenho tanta certeza. Tanto pela forma de como ele falou com o Ray e a Emma sobre o plano, como também a sua reação ao saber daquela informação. Que ele ainda possa se tornar um inimigo, ainda não a descarto, pois mesmo parecendo que ele ainda conserva grande parte do Normam que já conhecíamos, parece que também têm consigo uma grande convicção de que se deve acabar com os demónios de uma vez por todas. Mas ao menos com esta informação, parece que os seus planos vão precisar de uns reajustes.

Agora vamos esperar pela, presumível, historia sobre o “clan da donzela de sangue maldito”. E ver, não só, de que forma esta informação pode afetar os relativo a se deve contar ou não ao Normam sobre as suas intenções, ou até mesmo como isto pode afetar a sua mentalidade sobre o que se fazer daqui para a frente.

Ranking Completo

—————————————————- Decente ————————————————–
8º – Boku no Hero Academia capítulo 219
7º – Jigokuraku capítulo 50
——————————————————- Bom —————————————————–
6º – Amano Megumi wa Suki Darake! capítulos 127-135
5º – Hinomaru Zumou capítulos 227-228
4º – Jujutsu Kaisen capítulo 50
————————————————— Muito bom ———————————————–
3º – Nanatsu no Taisai capítulo 303
2º – Haikyuu!! capítulo 342
1º – Yakusoku no neverland capítulo 126

Confiram mais posts desta coluna aqui.

E dêem os seus comentários, do que acharam dos capítulos referidos, ou qualquer critica ou sugestão.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.